Monte Roraima: imensidão verde a azul

Salto AngelO parque nacional Canaima, na Venezuela, abriga mais da metade do Monte Roraima – Brasil e Guyana ficam com a parte norte, a “proa” do tepuy, sendo a parte brasileira o menor pedaço.

Nosso roteiro no Monte Roraima tem 08 dias de duração, dos quais 4 são dedicados a explorar o imenso topo da grande “mesa” com cerca de 40 km quadrados. São cavernas, formações rochosas impressionantes e únicas, rios, piscinas naturais e muitas outras coisas que definitivamente dão ao topo do Monte Roraima o aspecto e sensação de um mundo à parte, um “mundo perdido”.

Assistindo a um vídeo no Youtube recentemente deparei-me com uma cena familiar: a visão de uma enorme cachoeira que despenca desde o topo até a base do tepuy, formando um rio na floresta equatorial mais abaixo. Uma visão sem dúvida impressionante!

As imagens desse vídeo são do Salto Angel, na mesma área do Monte Roraima. Roraima, Kukenam, Ayuan e outros tepuys da região são parecidos sob vários aspectos. Essas imagens me lembraram muito das cachoeiras que se veem  do topo do Roraima, especialmente de “la ventana” e da “proa norte”, por onde a nossa expedição passa no terceiro e quarto dia, respectivamente.

É sem dúvida uma visão única no planeta Terra!

 

Clique aqui para saber mais sobre a expedição ao Monte Roraima. 

Curta e siga a Sertão

Conteúdo relacionado

Comentários

Tags:

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial